quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Educadora Física da Unipode participa do curso de esportes inclusivos


Minicurso sobre bocha adaptada
A educadora física da União das Pessoas com Deficiência (Unipode), Solange Montali, participa hoje, dia 18, das 9h às 12h, do minicurso de bocha adaptada, do Seminário de Esportes Inclusivos Participativos e de Lazer. O evento é organizado pelo Sesc Thermas e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Presidente Prudente. O minicurso foi realizado no Ginásio de Esportes da Unesp,e foi ministrado pelo professor especialista Panda Sene.

Segundo Sene, a bocha é um esporte desafiador. “A bocha representa um dos esporte mais desafiadores e de significativo crescimento em todo o mundo, principalmente por ser uma modalidade direcionada a pessoas que apresentam um quadro severo de disfunção motora.”

 De acordo com Montali, o curso visa à capacitação dos professores que trabalham com deficientes físicos. “É importante o aperfeiçoamento, pois quero adquirir melhor conhecimento das regras da bocha adaptada e repassar para os meus alunos no nível de competição”, afirma. Ela ainda frisa que neste esporte é necessário paciência. “Não precisa pressa, tem que ter paciência, para chegar em uma paraolimpíada precisa tempo, os próprios alunos percebem se pode ou não fazer.”


Na entidade a bocha adaptada é praticada com materiais alternativos. Quem quiser participar doando material é só entrar em contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário